Dia de Nossa Senhora das Neves

📌 Dia de Nossa Senhora das Neves

A 5 de agosto de cada ano a Igreja celebra a memória de Nossa Senhora das Neves. Contudo, como sabemos, em Bagunte é celebrada, a cada ano, n primeiro domingo do mês de julho, que é o dia da peregrinação à capela de Nossa Senhora das Neves, no lugar do Cerco.

📌 A invocação de Nossa Senhora das Neves

Nossa Senhora das Neves é uma das invocações com que a Igreja venera a Virgem Maria. Tem origem na invocação de Santa Maria Maior ou Salus Populi Romani, com origem em Roma. Esta é, inclusive, a invocação que se faz representar no ícone mariano que acompanha as Jornadas Mundiais da Juventude, que acontecerão em Lisboa daqui a precisamente um ano, ícone que já se encontra em Portugal e que está a percorrer as diferentes dioceses do país.

Quanto ao título de Nossa Senhora das Neves este surgiu, segundo a tradição romana, com um casal romano que pedia a Maria um sinal no sentido de saberem como aplicar bem a sua fortuna, recebendo estes, em sonhos, a comunicação de que Santa Maria desejava que lhe fosse dedicado um templo no local onde aparecesse neve na manhã seguinte. Este milagre terá acontecido na noite de 4 para 5 de agosto, em pleno verão, numa cidade conhecida precisamente pelas altas temperaturas que se fazem sentir por esta altura. Assim surge nesse mesmo local a Basílica de Santa Maria Maior, uma das quatro Basílicas Papais.

📌 Capela de Nossa Senhora das Neves

A capela, situada entre as freguesias de Arcos, Balasar e Bagunte, pertenceu, em tempos, à Quinta de Cavaleiros, sendo agora pertença da Paróquia de Santa Maria de Bagunte. Nesta capela acontece a peregrinação que mais congregou, ao longo de séculos, as Paróquias das redondezas, entre os rios Ave e Este.

A antiga devoção a Nossa Senhora das Neves traduz-se nos ex-votos que podemos encontrar no interior da capela. Ex-voto é uma oferta concretizada por um devoto em agradecimento por uma graça recebida. Hoje as mais comuns são as peças em cera, como podemos observar numa das imagens, mas no interior da capela encontramos, também, três pinturas da época moderna, que representam a graça recebida. Normalmente ilustram a cura realizada e vêm acompanhadas por uma inscrição onde descrevem a graça recebida.

Num dos ex-votos, oferecido por João Machado Ferreira, da Quinta de Cavaleiros, a quem morrera uma “baqua”, que se pode observar na pintura, agradece o seu regresso à vida por intercessão da Senhora das Neves. Outro, já bastante deteriorado, o beneficiado do milagre é um enfermo em perigo de vida por ter caído dum mastro dum navio abaixo. Um outro foi oferecido por uma senhora de Balasar, de nome Domingas Gomes, e está datada, vem de 1701. Diz a legenda que não pediu só a intercessão de Nossa Senhora das Neves, mas bebeu também água da sua fonte, que teria então fama de ser miraculosa.

Ficou curioso? Visite ou revisite este espaço

👉 Imagens:

- 1 Ex-voto proveniente de uma devota de Balasar;

- 2 Ex-votos em cera, capela de Nossa Senhora das Neves;

- 3 Andor de Nossa Senhora das Neves, Peregrinação de 2022;

- 4. Ex-voto “baqua”, capela de Nossa Senhora das Neves

Calendário de Eventos
Outubro 2022
DSTQQSS
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031
Informações Úteis
O Tempo
Farmácias
Hospitais
Bombeiros
Serviços

Contactos

Outeiro Maior

Rua Aldeia Nova, 417

4480-330 Outeiro Maior

Tel. +351 252 653 099

Fax +351 252 653 099

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt

Bagunte

Rua da Igreja, 98

4480 -214 Bagunte

Tel. +351 252 652 107

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt

Ferreiró

Largo Trindade, 75

4480-250 Ferreiró

Tel. +351 252 657 636

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt

Parada

Avenida do Monte, 149

4480-340 Parada

Tel. +351 252 657 635

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt