Capela de Nossa Senhora da Ajuda

Em Bagunte, no recôndito lugar da Ponte D’Ave, situa-se, com um maravilhoso enquadramento paisagístico, a Capela de Nossa Senhora da Ajuda, uma singela ermida na proximidade do rio e da ponte românica sobre o Ave.
Presume-se, com relativa segurança, que a sua construção remonta aos finais do século XVI, sendo a primeira referência escrita à sua existência de 5 de maio de 1601. Nesta data, o Arcebispo Primaz bracarense concedeu licença ao suplicante Pero da Cruz para exercer o cargo de ermitão da Capela ou Ermida de Nossa Senhora da Ajuda, sita na freguesia de Santa Maria de Bagunte. 
Associada à construção desta capela, destaca-se a lenda, inserida no livro do Monsenhor Manuel Amorim, que transcrevemos:
Todas as noites uma brilhante e misteriosa luz resplandecia no cimo do monte da Cividade. Receosos que tal fosse ardilosa manha de alguma moira encantada, das muitas que frequentavam o sítio, ninguém ousava dela aproximar-se e, então, começaram a vê-la poisar num lugar contíguo à ponte. Vai ser uma criança de dez anos a escolhida para desvendar o estranho acontecimento. Nossa Senhora revela-lhe o desejo de ser venerada naquele lugar já que no alto da Cividade o receavam por ser lugar ermo e malafamado. E, caso atendessem o seu pedido, aos pecadores serviria de ajuda na salvação das almas.

Relacionado com este conteúdo lendário, expomos a quadra que passou para o cancioneiro popular:

Nossa Senhora d´Ajuda
Mora mesmo ao pé da ponte:
Senhora, porque fugistes
Do alto daquele monte?

A capela apresenta uma fachada branca que ostenta cunhais de pedra, encimada por uma cruz, do lado direito rematada por um pináculo piramidal, do lado esquerdo a sacristia e torre sineira adossada à frontaria da ermida. Ladeando a porta principal, dois “óculos” em forma de trevo e na parte de cima da mesma uma placa em pedra de vão retangular, uma janela envidraçada e um pequeno nicho, onde está colocada uma imagem da Senhora da Ajuda.
No seu interior podemos admirar a talha neoclássica recentemente restaurada, o coro e a iluminação natural através de duas frestas guarnecidas de vitrais dispostos nas paredes laterais do altar-mor. A capela está adornada com a imagem de Nossa Senhora da Ajuda no cume de uma pequena tribuna e com imagens de outros santos, dispostos nos pequenos altares, como a de São Francisco, a de São José e o Sagrado Coração de Jesus. 
Na capela é possível admirar ainda uma outra imagem da Senhora da Ajuda, a mais antiga. Os mais velhos moradores do lugar e conhecedores da história desta ermida, referem que a primeira imagem da Senhora tem sido sempre cuidadosamente conservada.
O restauro, a preservação e o embelezamento desta capela têm sido, ao longo dos tempos, uma preocupação dos devotos da Senhora da Ajuda e dos moradores do lugar da Ponte D’Ave. 
Salienta-se ainda a importância da Comissão de Festas, que muito tem contribuído para a conservação da ermida e que também se empenha na organização da festa anual em honra de Nossa Senhora. A Senhora da Ajuda comemora-se a 8 de setembro e a festa decorre, normalmente, no fim de semana seguinte a esta data.
Uma das moradoras mais anciãs do lugar da Ponte D’Ave confirma a imensa fé da população local e a sua sentida união para venerar Nossa Senhora da Ajuda, juntando-se várias vezes na capela para rezar. Esta é uma prova viva de que a religiosidade e o uso deste templo têm perdurado de geração em geração.

Junto à Capela de Nossa Senhora da Ajuda podemos ainda ver um elemento adicional que desperta a curiosidade e o interesse. Existe uma pequena Ermida do Senhor do Padrão, que o autor José Ferreira descreve, o seu interior, como: “um nicho com um padrão encimado por um Cristo crucificado de feitura muito popular. A coluna, cilíndrica e lisa, com o seu capitel jónico, deve ser maneirista”. 
Na fronte da coluna, vê-se uma pedra, onde está gravado o ano de 1622. Segundo o mesmo autor, a edificação destas capelas e a devoção ao Senhor do Padrão neste local deveram-se à influência da religiosidade dos caminhantes e peregrinos que rumavam a Santiago de Compostela e que, ao longo dos séculos, percorreram a chamada karraria antiqua que por aí passava.
Convidamos a uma visita à Capela de Nossa Senhora da Ajuda e à Capela do Senhor do Padrão. Bem perto, pode ainda encontrar a Ponte D. Zameiro e, no lugar de Figueiró de Baixo, o Forno da Cal e a Ribeira de Friães com os emblemáticos nove moinhos, envolvidos por uma paisagem singular, que deslumbra quem por lá passa. 
Agradecemos a todos que, com amabilidade, contaram as suas vivências e memórias, enriquecendo de forma preciosa este trabalho de divulgação do património local.  

Legendas fotos:

- Exterior da Capela de Nossa Senhora da Ajuda, 2021;

- Altar-mor da Capela, com a imagem atual de Nossa Senhora da Ajuda, 2021;

- Primitiva imagem de Nossa Senhora da Ajuda, 2021;

- Exterior do nicho do Senhor do Padrão, 2021;

- Senhor do Padrão, 2021.


Bibliografia

FERREIRA, José - Páginas da História de Bagunte. Vol. I. Bagunte: ed. do autor, [2015]. ISBN 978-1-326-46069-3 

FERREIRA, José - Páginas da História de Bagunte. Vol. II. Bagunte: ed. do autor, [2016]. ISBN 978-1-326-72141-1

CALÃO, Hugo - Capela do Espírito Santo de Vale de Ílhavo.  O Ilhavense [online], 21 de julho de 2006. [Consultado em 29-08-2021] Disponível em: http://patrimonioreligiosodeilhavo.blogspot.com/p/igreja-do-espirito-santo-de-vale-de.html.

Texto: Paula Peniche
Imagens: Marisa Ferreira

Calendário de Eventos
Outubro 2021
DSTQQSS
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31
Informações Úteis
O Tempo
Farmácias
Hospitais
Bombeiros

Contactos

Outeiro Maior

Rua Aldeia Nova, 417

4480-330 Outeiro Maior

Tel. +351 252 653 099

Fax +351 252 653 099

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt

Bagunte

Rua da Igreja, 98

4480 -214 Bagunte

Tel. +351 252 652 107

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt

Ferreiró

Largo Trindade, 75

4480-250 Ferreiró

Tel. +351 252 657 636

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt

Parada

Avenida do Monte, 149

4480-340 Parada

Tel. +351 252 657 635

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt