Santo André, padroeiro da Paróquia de Parada

Hoje a Igreja Católica celebra a Festa do Apóstolo Santo André, Padroeiro da Paróquia de Parada.

A Paróquia de Santo André de Parada foi vigararia do convento de S. Simão da Junqueira, tendo depois passado a reitoria. Já no século XII esta terra é mencionada numa doação feita ao convento de S. Simão, tendo já como orago o Apóstolo Santo André.

Santo André foi um dos doze apóstolos de Jesus Cristo e no Novo testamento é sempre citado entre os quatro primeiros, junto com João, Tiago e seu irmão Pedro.

Santo André nasceu em Betsaida, às margens do lago de Genesaré, na Galileia. Era filho de Jonas, pescador local, e irmão de Pedro, que também é conhecido como Simão. Santo André era discípulo de João, que pregava a vinda do Messias, que iria libertá-los da miséria e da dominação estrangeira.

O Evangelho de São João relata o primeiro encontro de André com o Filho de Deus, em seus primeiros dias de revelação, após o batismo no Rio Jordão: “No dia seguinte, João aí estava de novo, com dois discípulos”. “Vendo Jesus que ia passando, apontou”: “Eis aí o Cordeiro de Deus”.

“Ouvindo essas palavras, os dois discípulos seguiram a Jesus”. “Jesus virou-se para trás, e vendo que o seguiam, perguntou: O que procuram?” “Eles disseram: Rabi (que quer dizer Mestre), onde moras?” “Jesus respondeu: Vinde, e vereis.”

“Então eles foram e viram onde Jesus morava. E começaram a viver com ele naquele mesmo dia. Eram mais ou menos quatro horas da tarde.” (João 1, 35-36-37-38-39).

São João continua o relato: “André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que ouviam as palavras de João e seguiram Jesus. Ele encontrou primeiro o seu próprio irmão Simão, e lhe disse: Nós encontramos o Messias. Então André apresentou Simão a Jesus.” (João 1, 40-41-42).

Desde daquele momento, os dois irmãos tornaram-se discípulos de Cristo e deixaram tudo para seguir Jesus. Segundo as Escrituras, André esteve sempre próximo a Cristo durante a sua vida pública. Esteve presente na Última Ceia, viu o Senhor Ressuscitado, testemunhou a Ascensão, recebeu graças e dons no primeiro Pentecostes.

Santo André ajudou, entre grandes ameaças e perseguições, a estabelecer a Fé na Palestina. Alguns historiadores defendem que ele tenha passado por Cítia, Épiro, Acaia e Hélade. Para Nicéforo terá pregado na Capadócia, Galácia e Bitínia, e esteve em Bizâncio, onde determinou a fundação da Igreja local e apontou São Eustáquio como primeiro bispo.

Finalmente, Santo André esteve na Trácia, Macedônia, Tessália e, mais uma vez, em Acaia, onde ele formou um grande rebanho e fundou a comunidade cristã de Patras, um dos modelos de Igreja nos primeiros tempos e onde André sofreu o martírio.

Antes de morrer, doou seus bens e suas roupas a seus carrascos e resistiu dois dias de grande sofrimento pregado numa cruz em forma de “X”, que ficou conhecida como a “Cruz de Santo André”. Diz-se que, antes de sua morte, uma forte luz envolveu todo o seu corpo e depois se apagou. Era o dia 30 de novembro do ano 60.

As suas relíquias foram transferidas de Patros para Constantinopla e depositadas na Igreja dos Apóstolos, tornando-se padroeiro desta cidade. Quando Constantinopla foi invadida pelos franceses, no início do século XIII, as relíquias foram levadas para a Itália e depositadas na Catedral de Amalfi, onde permanecem até aos nossos dias.

Santo André é honrado como padroeiro da Rússia e Escócia e no calendário católico é comemorado no dia 30 de novembro, data de seu martírio.

A Paróquia irá assinalar a Solenidade do seu Padroeiro com Missa Solene hoje, dia 30, às 21:00h na Igreja Paroquial. As comemorações continuam no fim de semana, com o Sagrado Lausperene, com Missa sábado às 17:00h, seguida de Exposição do Santíssimo. O Lausperene encerra com Eucaristia Solene domingo, às 11:00h.

Integrado ainda no programa das comemorações do Padroeiro, o Bar Paroquial irá servir almoços para fora (take away), com o objetivo de contribuir para as obras de restauro da Residência Paroquial (mais informações nas redes sociais e App da Unidade Paroquial de Ferreiró, Outeiro e Parada).

 

Legenda imagens:

- Exterior da Igreja Paroquial de Santo André, no dia da sua sagração, depois das profundas obras de restauro, a 10 de abril de 2016;

- Exterior da Igreja Paroquial de Santo André de Parada;

- Interior da Igreja Paroquial de Santo André de Parada;

- Imagem do Apóstolo Santo André, Padroeiro de Parada, venerada na Igreja Paroquial.
 

Texto: Tânia Araújo

Contactos

Outeiro Maior

Rua Aldeia Nova, 417

4480-330 Outeiro Maior

Tel. +351 252 653 099

Fax +351 252 653 099

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt

Bagunte

Rua da Igreja, 98

4480 -214 Bagunte

Tel. +351 252 652 107

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt

Ferreiró

Largo Trindade, 75

4480-250 Ferreiró

Tel. +351 252 657 636

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt

Parada

Avenida do Monte, 149

4480-340 Parada

Tel. +351 252 657 635

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt